Cães podem farejar câncer em amostras de sangue, aponta estudo

Além do uso em casos policiais, o olfato apurado dos cães agora também pode ser usado para detectar doenças. Segundo pesquisas, os animais podem ter quase 97% de precisão ao farejar câncer em amostras de sangue.

O novo estudo foi apresentado na reunião anual da Sociedade Americana de Bioquímica e Biologia Molecular e treinou quatro cães da raça beagle para distinguir amostras de sangue normais e amostras positivas de câncer de pulmão. Entre eles, três identificaram o câncer em 97% das tentativas.

Os resultados abriram portas para novos testes de detecção, mais baratos, precisos e não invasivos. Isso é possível porque os cães têm receptores no faro dez mil vezes mais eficazes que os dos humanos. Essa sensibilidade torna os odores muito mais perceptíveis.

Fonte: Meu Querido Pet

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *