Como dar remédio para cachorro?

0

Administrar medicamentos para os cães pode ser um grande desafio, principalmente para os pais de primeira viagem. Alguns remédios possuem um gosto nada agradável e isso pode ser um fator dificultante nesta hora.

Os comprimidos normalmente são mais difíceis ou podem causar algum incômodo quando vão engolir. Alguns cães relutam e não engolem o comprimido . Nesses casos, pode-se utilizar alguns truques que normalmente costumam ser bem eficazes.

Deve-se evitar ao máximo que o cachorro estresse. Por isso, paciência e calma é o segredo. Quando estressados, a administração do medicamento pode se tornar ainda mais traumática, tornando-a impossível em alguns casos. Existem alguns truques para isso!

Como dar remédio para cachorro?

Como dar remédio para cachorro?

Assuntos que serão tratados nesse post!:

Como dar comprimido para cães

É fundamental que o cachorro esteja calmo na hora de administrar o medicamento. Faça carinho e o distraia, deixando o momento bem descontraído.

Com uma das mãos, segure o focinho e, com os dedos da outra mão, levante o lábio e os dentes juntos, na tentativa de abrir a boca. Quando fizer isso, coloque o comprimido o mais longe da ponta da língua possível e mais próximo à garganta. Após isso, massageie a garganta do cachorro para que ele engula o comprimido com facilidade.

Esconder o comprimido em carnes ou ração úmida também pode funcionar, porém alguns cães são bem espertinhos e cospem o medicamento, comendo apenas o alimento.

Alguns comprimidos não devem ser repartidos e, normalmente, os que podem (para ajuste de dose) acompanham uma marcação indicando o corte no próprio comprimido. Caso seja necessário o reajuste, o médico veterinário irá informar. 

Medicamento líquido

Algumas pessoas erroneamente administram rapidamente o medicamento em sua forma líquida, porém essa prática pode fazer com que o cachorro engasgue ou cuspa o conteúdo. Por isso, administre o medicamento pelo canto da boca, entre os dentes e a “bochecha”.

Normalmente, os medicamentos líquidos são mais palatáveis, fazendo com que os cães aceitem melhor. Mas caso não seja, como é o caso da dipirona, tente oferecer o medicamento misturada com a ração úmida.

 

Apesar de todas essas dicas, jamais medique o seu cachorro sem a recomendação de um médico veterinário. Existem muitos remédios de uso humano que são tóxicos para os cães e a dose utilizada na maioria das vezes não é a mesma que a nossa.

FONTE: PETLOVE

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.