Como livrar seu animal dos Carrapatos

Carrapatos são um dos piores problemas que os cães podem enfrentar. Já no caso dos gatos a possibilidade é menor, pois os gatos se lambem bastante e com isso os carrapatos não conseguem grudar na pele deles com a mesma facilidade que com os cães. Com a picada de penas um deles infectado , já é o suficiente para deixar o seu bichinho doente. Felizmente há várias formas de evitar que os animais sofram com esses “invasores perversos”. Trago a vocês um aprofundamento sobre o assunto e algumas dicas compartilhadas pelas veterinárias Sirlene de Souza Maradeia e Tatiana Sacchi. Contudo, saiba como livrar seu animal dos carrapatos.

Como livrar seu animal dos Carrapatos

Como livrar seu animal dos Carrapatos
primeiramente precisamos saber o que são carrapatos. É um parasita que consome sangue dos animais e até de humanos. Ele é encontrado na pele de cães, cavalos, vacas e outros animais. Gatos também podem sofrer com carrapatos, embora não seja um problema comum para eles. Os bichinhos do grupo dos felinos sofrem mais com as terríveis pulgas. Um carrapato, chato ou carraça é um artrópode da ordem dos ácaros, classificado nas famílias Ixodidae ou Argasidae. São ectoparasitas hematófagos, responsáveis pela transmissão de inúmeras doenças.
Os carrapatos adoram o calor e, no Brasil, se reproduzem durante o ano todo, já que sempre está quente na maior parte do país. Mas, de qualquer forma, o cuidado deve ser maior no verão. O ciclo dos parasitas dura 21 dias (nesse tempo, ele sobe 3 vezes no animal, se alimentando e caindo). Por isso é comum que também sejam achados no chão. Se há 5 carrapatos no cão, é provável que tenham 95 no ambiente onde o animal vive (5% e 95% do total)

Qual a melhor forma de evitar que seu animal tenha carrapatos

Há produtos que podem ser usados, como as pipetas modelo “top spot”, que são colocadas atrás do pescoço do animalzinho; sprays, que são muito utilizados quando o animal vai na rua; talcos, que são menos utilizados atualmente, mas ainda podem ser colocados no ambiente onde o animal fica com maior frequência; coleiras, que têm uma substância que previne e mata carrapatos; e comprimidos, caso indicado pelo seu veterinário.
No caso da pergunta “qual é o melhor remédio”, depende muito do quanto pessoa consegue pagar, porque alguns desses produtos têm um custo elevado. O talco tem o menor curto, mas não tem tanta absorção e deve ser usado diariamente, além de não proteger o ambiente e alguns cães podem ser alérgicos. Os menos arriscados são as pipetas Top Spot e os sprays, eventualmente as mais caras, mas o uso é mensal.

Observação: depois da aplicação desses produtos é preciso esperar cinco dias para dar banho no cão.
As coleiras podem causar intoxicações no caso do contato com crianças, que podem colocar a mão na boca. Mas, caso o dono preferir por ela, o uso é contínuo.

6. Como o carrapato deve ser retirado?

Como livrar seu animal dos Carrapatos

Remova os carrapatos puxando-os para fora segurando-os com uma pinça pela extremidade mais próxima da pele possível. Caso esse método não possa ser usado por você, o mais recomendado não é tirar o carrapato com a mão, e sim colocar uma bucha de algodão com álcool sobre o local e esperar que o carrapato “desgrude” da pele sozinho. O ferrão pode ficas no local, causando possivelmente uma infecção e piorar ainda mais a situação caso puxado de maneira inadequada. Aplicar algum remédio ou substância na pele do animal após a retirada do parasita não é necessário. Se o animal ter uma reação deve ser levado ao veterinário o mais cedo possível. Os sintomas da alergia são coceiras extremas, lesões e inflamações pelo corpo e inchaço na região do pescoço e garganta, que pode causar uma parada respiratória. Se o carrapato não sair inteiro, o bichinho pode continuar contaminado, já que o ferrão do carrapato permanece no local.

Quais os cuidados que devo ter dentro e fora de casa?

Ao sair com o seu bichinho evite locais onde tenha a presença de vários cães, que podem ter carrapatos, como em gramas de praias ou calçadas. Dentro de casa, observe quando os animais estão dormindo, pois é nesse momento em que os carrapatos saem de suas peles. Saia de casa com seu pet com a ação do spray ou das pipetas Top Spot. Vale lembrar que os sprays e pipetas têm ação mensal, mas é preciso esperar cinco dias após a aplicação para dar banho no animal. Tente sair de casa também com a ação das coleiras, é o mais ideal. Os produtos devem ser usados sempre antes do passeio para que o animal não seja um possível alvo desses parasitas.

Como saber se meu cão está infestado

Observe a quantidade de carrapatos existentes no corpo do animal. Caso o número esteja acima de 20, já pode ser considerada uma infestação. Existem carrapatos desde larvas até carrapatos adultos e grandes. eles normalmente estão nas orelhas dos cães, nas axilas, entre os dedos das patinhas, mas também pelo corpo todo.

Meu cão está infectado. O que devo fazer?

Caso seu cão esteja infectado, o ideal é usar os sprays. Eles protegem o cão e o ambiente onde ele está. O spray é mais indicado do que a pipeta, pois é aplicado em todo o corpo dele. Lembrando mais uma vez que a ação do produto é de um mês. Carrapatos podem causar desde alergias a homeoparasitoses. Apenas um parasita é capaz de infectar o cão, caso esteja com algum microorganismo que cause patologias. Se o animal tiver muitos carrapatos, ele pode ter uma anemia, já que os parasitas se alimentam do sangue. A Doença do Carrapato, que é um grande problema, faz o animal ficar muito quieto, causa falta de apetite e ele pode apresentar língua mais branca.

Usar sapatinhos normalmente ajuda na prevenção, mas a observação das patas dos animais é essencial. Suas patas podem transpirar e as roupinhas desse tipo não podem ser utilizadas por muito tempo. Os sapatinhos são recomendados mais para a proteção dos cães contra locais onde ele for pisar como um chão muito quente.

Banhos carrapaticidas são indicados, mas não é nada aconselhado que esses banhos sejam feitos em casa. O produto que é usado para lavar o animal possui veneno, que o animal, caso haja descuido, pode acabar ingerindo, ficando assim contaminado, podendo levar até a morte. Também não é aconselhável fazer o banho carrapaticida no sol, pois o veneno acaba se intensificando. O ideal é levar o bichinho a um profissional da saúde animal como um veterinário.

Como livrar seu animal dos Carrapatos

Quem mora em casa com quintal deve ter quais tipos de cuidados?

É necessário dedetizar o ambiente completamente, sem o animal no local por cerca de 24 horas. É necessário lavar o ambiente para que o pet não se contamine após esse período. O produto usado é o Botox, fazendo a pulverização com 20 litros de água para uma ampola do produto. Quando se tem um quintal gramado, deve-se dedetiza-la uma vez por mês o ambiente, e sempre manter limpo pois pode virar um ninho de pulgas e de carrapatos.

Já dentro de casa pode-se retirar os carrapatos de maneira manual. Não é indicado matá-los, principalmente as fêmeas. O correto é ou jogar no vaso sanitário ou colocar no álcool até que morram por si próprias. Os carrapatos fêmeas (são os parasitas maiores), ao morrerem, podem estar com ovos e, ao esmagadas, podem espalhar os ovinhos no ambiente e assim, não terá valido a pena.

Aprenda aqui Soluções caseiras que são ótimas de serem usadas em seu cachorro contra carrapatos.