De derreter o coração: cachorro cego ganha seu próprio cão-guia

0

Com 11 anos, Charlie conta com a ajuda de Mav para comer, andar e brincar

Em 2016, Charlie, um golden retriever, teve seu olho esquerdo retirado depois de um glaucoma. Um ano depois, ele teve seu outro olho removido, ficando completamente cego. Hoje, com 11 anos, o animal ganhou um amigo, o pequeno Maverick, seu próprio cão-guia.

A ideia veio dos donos de Charlie, Adam e Chelsea Stipe. Eles levaram o filhotinho de 4 meses para casa, na Carolina do Norte, em janeiro. Quando o pequenino chegou, os dois cães não se deram muito bem. 

Hoje em dia, no entanto, segundo o casal, o cachorro mais velho conta com a ajuda do bebê para andar, brincar e comer. “É muito bom vê-los se dando tão bem e se divertindo”, contou Chelsea, ao site Today.

Leia mais: Pessoas com problema de saúde têm maior vínculo com animais, diz estudo

À NBC Philadelphia, Chelsea disse que, assim que os animais começaram a se sentir mais confortáveis um com o outro, Maverick passou a entender a rotina, os comportamentos e as necessidades de Charlie. “Quando eles jogavam, Mav percebia que Charlie perderia o brinquedo às vezes, então o pegava e colocava de volta na frente do mais velho, para que voltassem a jogar.”

Agora, a história de Charlie e Mav pode ser acompanhada no Instagram da dupla, onde fotos e vídeos dos dois dormindo, brincando, correndo e posando podem ser vistos. Logo nos primeiros quatro dias de existência da conta, os cãezinhos ganharam mais de 52 mil seguidores.

Hoje, o perfil conta com mais de 92 mil seguidores, e segue crescendo. Para a dona, que acabou de ter um bebê, isso tudo é muito inesperado. “Definitivamente ficamos impressionados. Nós amamos o quão positiva é a comunidade e como os cães estão felizes.”

Veja mais: Corte estético de cauda e orelha de animais é crime ambiental

Siga CLAUDIA no Youtube

Fonte: Meu Querido Pet

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.