Fazendeira inventa protetores de orelha para manter os bezerros recém-nascidos aquecidos (e as fotos são muito fofas)

0

Fazendeira inventa protetores de orelha para manter os bezerros recém-nascidos aquecidos (e as fotos são muito fofas)

As orelhas são uma das partes do corpo mais afetadas pelas baixas temperaturas, pois ficam expostas ao frio e têm pouca circulação sanguínea. Sabendo disso, uma fazendeira do Estado de Wisconsin, Estados Unidos, após perder um estábulo devido a um incêndio no meio de uma onda de frio, teve uma curiosa ideia para manter o gado aquecido: fazer para os animais protetores de orelha.

O Incrível.club vai contar como essa invenção, que surgiu de uma necessidade, se tornou um negócio familiar que está em crescimento.

Uma invenção que viralizou por causa de uma foto adorável

Um produtor de laticínios da Irlanda recentemente publicou uma foto de um de seus bezerros usando um protetor de orelhas rosa e a imagem (mostrada acima) viralizou nas redes sociais, com quase 30 mil retuítes e mais de 170 mil curtidas. “Os protetores de orelha para evitar que os bezerros congelem são algo real”, escreveu ele, e recebeu todos os tipos de respostas, muitas delas destacando o quanto a foto era adorável.

Só que a invenção havia nascido a um oceano de distância dali, justamente no Estado de Wisconsin. Foi a fazendeira Holly Poad, que teve a ideia quando procurava maneiras de manter seu gado aquecido no inverno rigoroso, especialmente os recém-nascidos, depois de, como contamos, perder um estábulo inteiro por causa de um incêndio.

Solução prática contra a onda de frio polar

O incidente aconteceu durante uma onda de frio na América do Norte, no início de 2019, causada pelo vórtice polar que levou o termômetro a marcas próximas de −40 ºC. Diante dessas baixas temperaturas, Poad decidiu adaptar jaquetas e protetores para manter o gado aquecido.

Para economizar dinheiro e melhorar o design, a mulher perguntou à sua tia, Kim Ewers, dona de uma loja de bordados, se ela poderia fazer alguns protetores de orelha para os animais. Assim surgiu o modelo atual, que, em vez da lã — que quando molhada pode causar mais danos do que benefícios aos animais -, possui um revestimento de um tecido próprio para o clima polar, feito de um material à prova d’ água e com tiras ajustáveis ​​em velcro.

Um sucesso de vendas

As inventoras chegaram a pensar nas cores apropriadas e decidiram usar as bem chamativas ou muito escuras, para poder localizar facilmente os protetores de orelha na neve, caso o animal consiga retirá-los. Assim, com muita criatividade nasceu um negócio: Poad começou a vender sua criação ao equivalente a 89 reais o par. Ela publicou fotos dos animais com os protetores na página do Facebook de sua fazenda e em alguns sites vinculados ao gado e os pedidos não pararam de chegar. “Pensei que talvez venderíamos 5, 10 pares. Não Imaginei que pudesse se transformar em algo tão grande”, disse Poad.

Uma empresa familiar que não para de crescer

Apesar do aumento da demanda, o negócio se manteve familiar. Poad e sua tia também se juntaram aos sobrinhos, responsáveis por cortar as peças de tecido. Todos ajudam a fazer os protetores de orelhas durante a noite, pois durante o dia, têm seus empregos em período integral.

Com o passar do tempo, o projeto ganhou forma e nome: Moo Muffs. O empreendimento também possui um logotipo, aceita pedidos online e é apresentado em exposições de pecuária. Com a chegada de mais um inverno no hemisfério norte, a equipe se prepara para um aumento das vendas.

O que achou da ideia dessa história? Você compra algum tipo de roupa ou acessório para o seu animal de estimação? Conte-nos na seção de comentários.

Fonte: Incrível.club

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.