Intoxicação por ureia em bovinos

Intoxicação por ureia em bovinosA ureia é uma importante substância para o desenvolvimento dos bovinos, como fonte proteica alternativa. Porém, o seu excesso, seja na forma líquida ou em pó, pode causar sérios problemas, como a intoxicação e até mesmo a morte do animal.

Por isso a importância de adaptar os bovinos para este consumo, fornecendo a ureia em doses monitoras e com bastante cuidado.  

Tal falha de manejo ocorre por conta da ingestão de doses exageradas desta substância, geralmente misturada nos alimentos, além da baixa qualidade da forragem.

Os sintomas mais comuns da intoxicação, que podem ser observados 30 minutos após a ingestão, são a fraqueza dos animais, salivação excessiva, respiração ofegante, mugidos, excesso de fezes e urinas, deficiências motoras, tremores.

Os animais com este quadro também apresentam membros contraídos, dores no abdômen, e até mesmo convulsões.

Ao observar estes males, o proprietário do animal deve chamar um médico veterinário, o qual deverá prescrever um tratamento com vistas a diminuição do pH ruminal e impedir a absorção excessiva da amônia, composto da ureia.

 

Em alguns casos pode ser que seja necessário a intervenção cirúrgica para esvaziamento do estômago do ruminante. Saiba mais.

Fonte: Agroline

Atualizado em: 25 de agosto de 2016

FONTE: Revistaveterinaria.com.br/bovinos/

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *