Justiça garante direito de gato andar em galeria no Rio

0

Chamado de Rubinho, o felino sempre frequentou o espaço livremente, até ser proibido pela administração do local

Um gato chamado Rubinho recebeu da Justiça do Rio de Janeiro o direito de circular livremente por uma galeria de Copacabana. Proferida nesta quinta-feira (19), a decisão põe fim a medida de proibição que havia sido instaurada em abril do ano passado pela administração do local.

Não perca o que está bombando nas redes sociais

Pedro Duarte Correia, lojista e dono do gato desde 2010, afirma que o felino sempre andou pelos corredores sem precisar de coleira e é muito querido por todos que frequentam o local. “Tem gente que vem aqui todo dia para ver o Rubinho”, declarou em entrevista ao G1. Abalado com o veto, ele decidiu então recorrer à Justiça.

Aqui na galeria conseguimos 15 mil nomes em um abaixo-assinado. Um casal de advogados se interessou pela causa e entrou na Justiça”, contou. Em setembro, a Justiça o concedeu uma tutela de urgência permitindo que Rubinho voltasse a ir e vir como bem quisesse, antecipando a decisão da sentença.

Leia também: Cachorro finge desmaio para não cortar as unhas

+ Em cinco anos, gatos podem ser a maioria de pets no Brasil

PODCAST – Como dialogar com as crianças e adolescentes sobre sexualidade

Fonte: Meu Querido Pet

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.