O que o rabo do cachorro quer dizer?

0

 

rabo do cachorro

Existe um consenso popular que acredita que se o rabo do cachorro está balançando, significa que está tudo bem e que o cão está tranquilo. No entanto, cachorros são animais extremamente sociais e usam de outras posições corporais, comportamentos e olhares para comunicarem situações, emoções e vontades. A identificação dessas posições corporais associadas ao balançar de suas caudas é que vão nos fornecer dados suficientes para nos comunicarmos com nossos cachorros. A falha nessa comunicação pode causar estresse tanto para a família humana dos cachorros quanto para os próprios cães que ficam frustrados por não estarem conseguindo se comunicar apropriadamente e acabam desenvolvendo problemas de comportamentos mais sérios.

O que o rabo do cachorro quer dizer?

Assuntos que serão tratados nesse post!:

Entendendo os cachorros

Os cães como conhecemos hoje evoluíram paralelamente aos seres humanos. Nós modificamos muito as raças, aparências, temperamentos e até a função dos cachorros. De animais oportunistas que viviam ao lado das tribos nômades, passaram a ser membros das nossas famílias, muitas vezes com mais regalias que outros seres humanos. Essa evolução paralela da aparência física também aconteceu com os comportamentos naturais desses animais e dos seres humanos. Milhares de anos evoluindo juntos permitiram que as duas espécies se comunicassem mais facilmente. Mesmo que você não tenha convivido muito com um cachorro é muito provável que saiba se ele está bravo ou não.

Pessoas que convivem mais com cães têm a oportunidade de adquirir (e passar para eles) um vocabulário mais refinado. Como toda linguagem nova que vamos aprender (ou ensinar), é necessário um tempo para adaptação e observação. Curiosamente, os cachorros têm muito mais facilidade de entender o que queremos e o que estamos expressando emocionalmente do que nós seres humanos em relação a eles. Por essa razão, existem cachorros que conseguem manipular suas famílias com a excelência de um chantagista emocional profissional.

O olhar do seu cachorro, a posição do rabo do cachorro e a postura corporal podem dizer muito sobre o que está acontecendo na cabeça dele. Se você é uma pessoa que convive com cachorros, já deve ter notado que ele diz muito com os olhos. É muito comum os donos dizerem: “Ele só falta falar”. Gosto de ressaltar que não falta! Eles falam com sinais e comportamentos da mesma maneira que seres humanos surdos e/ou mudos. Observar a direção do olhar, a intensidade de energia que está sendo aplicada naquela posição, a forma que as sobrancelhas tomaram em determinada situação podem facilitar muito a comunicação entre vocês.

cachorro rabo

Você sabe o que o rabo do cachorro quer dizer?

Um cachorro com o rabo para cima, corpo com a musculatura tensa com olhar penetrante está atento a alguma coisa. Se estivermos na rua, pode ser que eles queiram nos mostrar que viram um cachorro desconhecido lá na frente, antes mesmo de termos percebido. Isso pode ser um alerta para não nos colocarmos em problemas numa forma de proteção: “Hey, cuidado, acabei de ver um cachorro lá na frente, não sabemos informações dele. Vamos aguardar antes de continuar”.

Dando sequência a essa mesma situação; o cachorro visto ao longe vai se aproximando e nosso cão que se mostrava preocupado começa baixar as patas da frente e levantar as traseiras e enquanto isso notamos seus músculos ficarem mais relaxados, as sobrancelhas juntam-se no meio da testa, a respiração começa ficar mais ofegante e aquele rabo que estava em riste parado passa a se agitar de um lado para o outro velozmente. Algumas vezes eles fazem isso tudo olhando para nós e nos puxando para frente em direção ao outro animal. Nesse momento ele está nos mandando uma mensagem clara: “Estou feliz, encontrei um amigo querido, olha lá quem é! Vamos, vamos, vamos… Quero brincar”.

Por outro lado, se o cachorro vindo fosse um animal mais dominante, menos receptivo às brincadeiras do seu cachorro, provavelmente a postura dele mudaria para cabeça mais baixa, olhos semicerrados, alguns ganidos, o rabo do cachorro abaixaria e balançaria de um lado para outro, mas de forma mais compassada. Tentaria te puxar para trás ou mudar de direção. Ele estaria dizendo: “Ele é aceitável, mas realmente não é um cara para brincarmos, será que podemos ir embora logo?”.

E se o cachorro que vem na direção de vocês não for nada aceitável, se já tiverem brigado e seu cachorro se deu mal porque o chatão que vem chegando é o “valentão do parque”, é provável que você veja o rabo do cachorro que está com você sumir entre as pernas traseiras dele. Além do rabo no meio das pernas, as pupilas ficam dilatadas e os músculos se contraem tanto que parece que o cachorro diminuiu de tamanho pela metade. É como se o cachorro estivesse falando: “lá vem problema grande, vou apanhar, não quero me envolver em confusão, meu rabo vai ficar escondidinho aqui pra ninguém conseguir pegar se eu virar para fugir e eu fiquei tão pequeno que espero passar despercebido por esse cachorro chato que vem vindo. Falando nisso, será que podemos ir embora?”.

Cães dominantes

Se o seu cachorro é que é o dominante e que não gosta de socializar muito, então o comportamento do rabo em pé, olhar penetrante e musculatura tensa se potencializam. Seu cachorro vai estufar o peito, eriçar os pelos mostrando como ele é grande. Os seus dentes ficarão a mostra com os altos latidos e rosnados. O rabo que estava parado para cima, continua alto e agora se movimenta de um lado para o outro num ritmo menos intenso que o da alegria. Alguns animais quando estão nesse estado e descontrolados podem redirecionar a agressão até mesmo para a sua própria família humana ou outros cachorros com quem convivem pacificamente. É um momento em que ele diz: “AAAAHHH QUE ÓDIO, QUEM É AQUELE CACHORRO, QUEM ELE PENSA QUE É? EU É QUE MANDO AQUI, VAMOS EMBORA”. Muito cuidado nessas situações. Mude a direção do passeio e não deixe que ele ganhe confiança por estar agindo de forma agressiva.

Nossos cachorros passam mensagens através da posição do rabo que significam muito para nós. Mas os comportamentos que estão acontecendo ao mesmo tempo devem ser avaliados com a mesma importância. Somente a convivência, a observação e a prática da comunicação é que podem nos levar a ter uma conversa completa com nossos cães: nós usando o português, enquanto eles falam “cachorrês”.

E o mais importante é que sempre devemos avaliar se o comportamento condiz com a situação real. Eventualmente nossos cachorros podem demonstrar medos, dominância, agressividades exageradas que não correspondam ao que deveriam estar expressando. Se o seu animal estiver tendo problemas para expressar suas vontades e emoções você pode começar um trabalho de mudança comportamental por intermédio de reforços positivos assistido por um profissional da área especializado em comportamentos animais. Trabalho como “tradutor” entre os cachorros e suas famílias há mais de 12 anos. Esses e outros comportamentos que causam dúvidas e rupturas familiares entre os animais e sua família humana são mais comuns do que parecem. Se você sofre com isso, saiba que não está só! E principalmente, saiba que existe ajuda!

www.beanimal.com.br

O que o rabo do cachorro quer dizer?

FONTE: PETLOVE

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.