Pesquisa revela que cachorros gordinhos vivem até 2,5 anos menos que os saudáveis

0

Uma nova pesquisa da Universidade de Liverpool e do Centro WALTHAM para Nutrição Animal da Mars Petcare revelou que os cães com excesso de peso são mais propensos a ter vidas mais curtas do que aqueles com pesos corporais ideais. Os resultados do estudo mostraram que a vida útil dos cães com excesso de peso foi de até dois anos e meio menor quando comparados aos cães com peso corporal saudável. O estudo foi realizado ao longo de duas décadas e publicado no Journal of Veterinary Internal Medicine.

Pesquisa revela que cachorros gordinhos vivem até 2,5 anos menos que os saudáveis

Usando dados fornecidos pelo Banfield Pet Hospital, o estudo analisou mais de 50.000 cães de 12 das raças mais populares. A correlação entre excesso de peso e tempo de vida reduzido foi observada em todas elas, embora a magnitude da redução tenha diferido, variando entre cinco meses para pastores alemães machos e dois anos e seis meses para machos de Yorkshire.

Pesquisa revela que cachorros gordinhos vivem até 2,5 anos menos que os saudáveis

Embora o estudo não tenha examinado as razões por trás do peso extra, acredita-se que os hábitos alimentares desempenham um papel na obesidade dos animais de estimação. De acordo com uma pesquisa recente da Better Cities For Pets, 54% dos donos de cães e gatos lhes dão comida quando pedem, e 22% relacionam o fato de darem comida ao pet como uma forma de mantê-los felizes.

Estima-se que apenas um em cada cinco tutores sempre mede a quantidade de comida que dá ao seu animal de estimação, com 87% simplesmente estimando a quantidade de comida que eles acham que seu animal precisa em cada porção.

Co-autor do estudo e professor de Medicina Animal de Pequeno Porte da Universidade de Liverpool, Alex German disse: “Os proprietários muitas vezes não sabem que seu cão está acima do peso e muitos podem não perceber o impacto que isso pode ter na saúde. O que eles podem não saber é que, se seu amado animal de estimação é muito pesado, eles são mais propensos a sofrer de outros problemas, como doenças articulares, problemas respiratórios e certos tipos de câncer, além de ter uma pior qualidade de vida. Esses problemas de saúde e bem-estar podem afetar significativamente o tempo de vida deles”.

“Para muitos tutores, dar comida, principalmente alimentos mais saborosos e petiscos, é a maneira de mostrarmos afeição por nossos animais de estimação. Ter cuidado com o que você alimenta o seu cão pode ajudar muito a mantê-lo em boa forma e permitir que ele esteja por perto por muitos anos”, completou.

 

Este texto foi traduzido para ser publicado no blog da Petlove. Você encontra o texto original, em inglês, no link: PetGazette

Pesquisa revela que cachorros gordinhos vivem até 2,5 anos menos que os saudáveis

FONTE: PETLOVE

Leia também:

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.