Temperamento do dogo argentino

O dogo argentino já foi banido de alguns países, como a Grã-Bretanha. Esse cachorro que é o resultado de cruzamentos entre boxers, mastins e o old fighting dog já gerou bastante polêmica por ser considerado um tanto quanto agressivo. Mas será que isso é uma verdade?

Criado para caçar pumas e jaguares, o dogo argentino que hoje conhecemos existe há apenas 100 anos. Sua mistura com cães da raça boxer visava melhorar seu temperamento com humanos – uma vez que alguns exemplares com uma linhagem mais voltada para o old fighting dog poderiam ser bravos e até agressivos demais.

Temperamento do dogo argentino

Temperamento do dogo argentino

Hoje muito usado como cão de guarda, o dogo argentino costuma se dar bem com a sua família, mas é muito desconfiado com estranhos. Esse cachorro gosta de ser protetor e tem um instinto bastante apurado quando o assunto é enfrentar o que julga ser uma ameaça.

Dogos argentinos devidamente educados e socializados não são uma ameaça para ninguém, mas é sempre importante lembrar que a posse responsável, a paciência na hora dos treinamentos e tratar seu pet com amor é fundamental para criar um animal saudável mental e fisicamente.

Se você pensa em ter um dogo em casa, o estimule a brincar com animais de outras espécies, sempre o orientando a melhor maneira de interagir. É importante também que ele tenha contato com pessoas diferentes, de idades distintas.

Temperamento do dogo argentino

FONTE: PETLOVE

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *