Ursa ‘mais triste do mundo’ ganhou novo visual em santuário

Pouco tempo depois de mudar para um santuário de animais em Joanópolis (SP), Rowena, a ursa que ficou conhecida como a mais triste do mundo pelo estado em que estava, já se acostumou à nova rotina de cuidados. Em sete meses, ela já engordou e ganhou nova pelagem.

A ursa, que antes se chamava Marsha, vivia no Piauí e enfrentava temperaturas de até 40°C, além de ter sido alimentada com ração de cachorro quando fazia parte de um circo. Agora, ela vive no interior paulista com temperaturas mais amenas, alimentação adequada e tratamentos especiais.

Por 25 anos, Rowena viveu no circo e foi resgatada no Maranhão para, em seguida, ser doada ao parque de Teresina pelo Ibama. Segundo a fundadora do santuário paulista, Silvia Pompeu, o animal tinha queda de pelos, que estavam ralos e emaranhados.

Leia mais: Austrália quer exterminar 2 milhões de gatos com petiscos envenenados

Com o tratamento específico, os tufos começaram a cair, permitindo que uma nova pelagem mais macia nascesse. “Ela tinha muito problemas de pele, como sarna, micose, fungos, infecções, infestação de verminoses. Tinha um cheiro muito forte”, conta Silvia.

Ursa ‘mais triste do mundo’ ganhou novo visual em santuário

 (@ReginaFortunati/Twitter/Reprodução)

“Muito dos problemas eram devido ao calor e à alimentação”, continua a especialista. “A gente começou a tratar com uma dieta mais regrada e o organismo foi respondendo. É igual uma pessoa, o resultado é de dentro para fora.” Rowena chegou ao santuário com cerca de 120 quilos, agora, com a nova rotina, pesa cerca de 200 quilos.

Os cuidados continuam e, segundo Silvia, a ursa melhora cada vez mais. “Ela não sofre nenhum estresse agora, não passa calor, não passa fome, não passa pelas situações de quando era usada no circo. Mesmo com uma idade avançada, ela tem qualidade de vida e está saudável agora”, concluiu.

Ursa ‘mais triste do mundo’ ganhou novo visual em santuário

 (@thiago_p/Twitter/Reprodução)

Fonte: Meu Querido Pet

You May Also Like

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *